Follow by Email

domingo, 24 de abril de 2016

RENASCER




Amigos, SALVE!

A vida é eterna e a morte, passageira.
Por quê?
Porque a vida é a ORIGEM, de onde tudo e todos vieram, e que mantém tudo e todos, não tendo princípio, nem fim, por ser a ORIGEM, a VERDADE.
E a morte é tudo que veio da ORIGEM, mas que vive à margem das leis imutáveis da ORIGEM, mas, que por pertencer à ORIGEM, obrigatoriamente retornará à ORIGEM, quando passar a se reger pelas leis imutáveis da ORIGEM. E por isso a morte teve princípio e terá fim – é passageira. E por ser passageira, é mentira.
E aí está o RENASCER, quando todos passarem a conhecer a ORIGEM, passando a SE CONHECER.
E no SE CONHECER, conhecerá a RAZÃO da VIDA, que é o SER ÚNICO, o SER RACIONAL, passando a se limitar em tudo que contradiz à origem, por entender que sem esses limites torna-se impossível transcender.
E para se limitar em tudo que prejudica a ascensão à ORIGEM, é necessário conhecer a cultura natural da Natureza, a Cultura Racional, para saber distinguir o artificial do natural da Natureza.
Que o artificial é tudo que nos conduz como zumbis, robôs, sem percepção de que estamos sendo manipulados. E que o natural é tudo que nos conduz à verdadeira realidade da vida, à ORIGEM, conscientes do que estamos fazendo e para onde e por que estamos caminhando.
E esse natural, que é o estado de eternidade, somente existente na ORIGEM, todos o desconheciam antes da chegada da Cultura Racional em 1935.
E, assim, depois que a pessoa SE CONHECE pela RAZÃO DA VIDA, que é o RACIOCÍNIO, vai desenvolvendo o verdadeiro sentido da vida, que é para retorno à ORIGEM, passando a saber julgar corretamente o que é natural e o que não é natural, ou seja, sabe diferenciar o natural do artificial.
E por estar se ligando à energia superior da RAZÃO DA VIDA, a ENERGIA RACIONAL, a energia do RACIOCÍNIO, não condena nada, nem ninguém, por já estar de posse do conhecimento cultural RACIONAL, o qual nos prova que o artificial é um natural deformado, uma vida que se transformou em morte.
Aí é que a pessoa começa a RENASCER, por estar se ligando à ENERGIA DA RAZÃO DA VIDA, a ENERGIA RACIONAL, sabendo colocar limites em tudo que prejudica seu retorno à ORIGEM, tendo base e lógica para um julgamento correto de tudo e de todos e não condenando nada nem ninguém, já que tudo e todos somos irmãos, originários de um mesmo mundo, que é o primeiro mundo, que deu consequência a este segundo mundo em que habitamos.
O PRIMEIRO MUNDO é onde habita a VIDA. E o SEGUNDO MUNDO, é onde habita a morte.
Tudo isso e muito mais nos livros Universo em Desencanto, de Cultura Racional.

sábado, 16 de abril de 2016

RACIOCÍNIO: NÃO HÁ SEGUNDOS NEM TERCEIROS!




Amigos, SALVE!

Não há efeito sem causa, não há causa sem origem e não há origem sem base.
A base sendo verídica nos conduz à origem, justificando efeito e causa. E não sendo verídica a base, mantém em mistério o efeito e a causa.
A base da vida é o RACIOCÍNIO, por o RACIOCÍNIO pertencer à origem verdadeira de onde tudo e todos vieram – o PRIMEIRO MUNDO, o MUNDO RACIONAL.
O RACIOCÍNIO é UM só, não pertence ao SEGUNDO MUNDO em que habitamos.
No SEGUNDO MUNDO é que existe a dualidade, PENSAMENTO/IMAGINAÇÃO, onde segundos e terceiros, visíveis e invisíveis, desligados do PRIMEIRO MUNDO, se fazem de intermediários entre o mundo dual, deformado e o mundo do absoluto, o mundo dos eternos (o PRIMEIRO MUNDO).
E se assim procedem é simplesmente para lapidação da humanidade, pois, pela natureza dual desses seres do SEGUNDO MUNDO, fica comprovada a impossibilidade deles fazerem a intermediação entre o PRIMEIRO e o SEGUNDO MUNDO. E poucos têm atinado para isso.
Essa intermediação é necessária e somente pode ser feita pelo ASTRAL SUPERIOR, dimensão invisível entre o PRIMEIRO MUNDO e o SEGUNDO MUNDO, cujos detalhes de formação são encontrados nos livros ditados pelo PRIMEIRO MUNDO aqui na Terra, Universo em Desencanto.
A todos que realmente se interessam em evoluir e se ligar à eternidade em vida, recomendamos que pesquisem esses brilhantes livros, antes que seja tarde demais.

quarta-feira, 6 de abril de 2016

RACIOCÍNIO: PAZ, AMOR, FRATERNIDADE E CONCÓRDIA UNIVERSAL!



Salve, Amigos!

A paz verdadeira, o amor verdadeiro, a fraternidade verdadeira, que culminam na concórdia universal, não podem ser encontrados na dimensão material, quer seja visível, quer seja invisível.
Por quê?
Porque o ser material, tanto o visível, quanto o invisível, são seres duais: elétricos e magnéticos!
Sendo esses dois seres duas funções opostas: a positiva aparente (elétrica) e a negativa (magnética), onde uma depende da outra para sobreviver, dependendo essa sobrevivência das ações de construir, que cabem à função elétrica, para que a função magnética possa entrar em ação para destruir.
E assim, uma dependendo da outra para sobreviver, o mais forte sempre engolindo o mais fraco.
Daí a lapidação, o sofrimento.
E, assim, não existiria, por exemplo, o policial, se não existisse o bandido e vice-versa. E tudo no mundo é assim. Todas as instituições existentes, quer sejam filosóficas, científicas ou religiosas, estão dentro deste contexto, pelo fato da humanidade ainda estar ligada a essas duas energias, elétrica e magnética, que comandam, respectivamente, o pensamento e a imaginação, duas energias do chão, que comandam a humanidade como ferramentas de sofrimento, através das vontades, dos gostos, dos sonhos, das fantasias e das ilusões.
Por isso o mundo é de sofrimentos cada dia mais, porque todos vivem iludidos por um saber incompleto, por ser um saber dado por superiores elétricos e magnéticos invisíveis, que há milhões de milênios vêm se passando como grandes mestres, mas, que nunca puderam provar ser possuidores de poder superior, por nunca terem conseguido implantar a paz entre os povos.
Por que nunca puderam implantar a paz, o amor, a fraternidade e a concórdia entre os povos?
Pelo fato desses grandes mestres serem mestres elétricos e magnéticos, mestres do pensamento, e essas funções elétrica e magnética são funções, como foi dito acima, de construir para destruir – é a natureza desses mestres, que pertencem a este mundo elétrico e magnético em que habitamos.
Já o ser humano tem em si algo que esses mestres não têm, que é uma célula poderosíssima, pura, limpa e perfeita, RACIONAL, que foi o que restou do nosso corpo original, que não pertence a este mundo elétrico e magnético e, sim, a um MUNDO SUPERIOR, de onde viemos e para onde temos que voltar.
E aí está a causa da grande confusão que se instalou na Terra de 1935 para cá. O MUNDO SUPERIOR, o MUNDO RACIONAL, revelou-se E VEIO NOS BUSCAR DE VOLTA PRA CASA, havendo uma grande mudança de fase na Natureza, onde os mestres invisíveis elétricos e magnéticos se revoltaram por terem que entregar a humanidade ao mundo a que ela realmente pertence.
Está aí a causa de todo desfavorecimento que temos sentido, com desequilíbrios de toda sorte, pelos ataques desses invisíveis revoltados, apesar de que alguns deles já aceitaram a mudança de fase.
E para voltar pra casa, temos que tomar conhecimento desta preciosidade que trazemos no centro de nossa cabeça, na glândula pineal, o RACIOCÍNIO, que é UMA ENERGIA SUPERIOR à energia deste mundo elétrico e magnético em que habitamos.
Essa energia é a ENERGIA RACIONAL, cuja função absoluta é de paz, amor, fraternidade e concórdia universal, não precisando construir para destruir, nem destruir para construir, por essa ENERGIA pertencer ao MUNDO DOS ETERNOS, ao mundo do perfeito equilíbrio, tendo VIDA PRÓPRIA.
Toda a humanidade precisa tomar conhecimento disso para, então, entender e compreender o porquê não poderá mais viver sem desenvolver essa ENERGIA RACIONAL que traz dentro de si e que é o verdadeiro RACIOCÍNIO, confundido com o pensamento eletromagnético dos grandes pensadores filosóficos, científicos e religiosos que já passaram pelo mundo e que ainda sobrevivem.
Só a ENERGIA RACIONAL pode nos proteger dos ataques dos invisíveis revoltados, que ainda não se renderam à nova fase da Natureza, à FASE RACIONAL, do desenvolvimento do raciocínio.
E por esses invisíveis elétricos e magnéticos ainda sobreviverem e serem admitidos pela humanidade, essa é a razão da humanidade, baseada nesses pensamentos, não conseguir encontrar o verdadeiro equilíbrio, que está dentro de si mesma, no seu RACIOCÍNIO.
Para quem quiser sair deste círculo vicioso do pensamento, onde o sofrimento nunca acaba, aqui vai a dica da bibliografia pertinente, ditada no Brasil pelo MUNDO SUPERIOR, o MUNDO RACIONAL: Cultura Racional, dos livros Universo em Desencanto.
O dia em que você, Amigo, sentir o seu RACIOCÍNIO dentro de sua cabeça, nunca mais se envolverá com nada e com ninguém que ainda estejam existindo com base no pensamento e na imaginação, porque você estará completo, em paz consigo mesmo, com tudo e com todos, por passar a ser um canal dessa paz onde quer que esteja e onde quer que vá.
Desenvolva essa FORÇA SUPERIOR dentro de sua cabeça, o RACIOCÍNIO, pois, ela é que é o seu EU VERDADEIRO, e seja feliz!

quinta-feira, 17 de março de 2016

A DÚVIDA PERTENCE AO PENSAMENTO




Salve, Amigo!
Toda pessoa variante é ferramenta do pensamento, porque o pensamento é uma máquina feita pela natureza para variar, e nessa variação está a lapidação do pensador e, por isso, todo pensador é um sofredor e mortal.
Portanto, o pensamento foi feito para lapidar o pensador, fazendo do pensador um desequilibrado, sempre na dúvida do que quer e do que deseja. Sempre na dúvida do que é certo e do que é errado: hoje gosta e amanhã não gosta mais, hoje acha lindo e amanhã acha feio, hoje diz “Você é minha alma gêmea, não vivo sem você!”, amanhã diz “Você arruinou a minha vida, não aguento mais viver com você!”
É triste a vida de quem não se conhece, porque é uma vida de dúvidas e redúvidas!
Amigo, não viva uma vida de dúvidas!
A dúvida é a pior coisa que bate de frente com o vivente que está fazendo seus projetos dentro de uma fase que terminou, que é o Segundo Milênio, para a chegada na Natureza da Fase do Terceiro Milênio, a Fase Racional, a Fase do Raciocínio: o certo dos certos.
Esse o porquê tudo o que sua pessoa vinha fazendo, não podia dar certo, porque a Fase é Racional e não do pensamento. E na Fase Racional os procedimentos são outros para que tudo dê certo em sua vida.
Essa dúvida de sua pessoa em fazer isso ou aquilo para o seu progresso financeiro, e nada dando certo, é pelo fato da Fase em vigor na Natureza ser a Fase Racional e não mais do pensamento.
Descubra isso e verá que sua pessoa sempre deu murro em ponta de faca, ou melhor, sempre malhou em ferro frio.
Viva uma vida Certa, Correta e Racional, conhecendo o Livro da Fartura, do bom viver equilibrado financeiramente.
Que livro é esse? Universo em Desencanto!
Por isso, procure adquirir esse Livro e sentir a energia DELE, a ENERGIA RACIONAL, vibrar dentro de sua vida, abrindo seus caminhos para um porvir repleto de paz, saúde e sossego!
Vá em frente e olhando para o Alto! Tudo que sua pessoa deseja e quer está nesse grandioso Livro, Universo em Desencanto, de Cultura Racional, onde todas as suas dúvidas terão fim, porque a dúvida é do pensamento, e Universo em Desencanto não pertence ao pensamento, pertence ao RACIOCÍNIO. E no raciocínio só existem certezas, por ser a VERDADE das verdades, por o raciocínio ser o verdadeiro DONO DA VIDA.

PENSAMENTO FALIDO! ENTÃO, RACIOCINAR É PRECISO!



Salve, Amigo!

Procure raciocinar, Amigo! Descubra essa Luz Eterna que todos têm dentro de si e desconhecem.
Ligados no pensamento, pensando que o que fazem é o certo, e vão nas ondas do pensamento que é uma energia revoltada, pelo fato de ter sido obrigada a entregar a fase do 2º milênio para o 3º milênio, a Fase Racional.
Por isso que o mundo está vivendo um desacerto sem tamanho, pelo fato de que a Fase Racional é a fase do raciocínio.
E para encontrar dentro de si essa Luz, é só passar a se conhecer através do Livro Universo em Desencanto, e ali se envolver e sentir que chegou no certo, onde tanto procurou!
Saia dessa linha do pensamento! Ele está falido e nada pode fazer por ninguém. Com ele nada dá certo, porque a Fase é Racional, é do raciocínio – e quem quiser ver tudo claro em sua vida, que saia desses caminhos desnecessários, induzidos pelas vontades que o pensamento joga na cabeça dos viventes, causando os desequilíbrios e a liquidação moral, física e financeira.
E é isso que se vê nos quatro cantos do mundo, a liquidação financeira, os desajustes sem limites; e nessa liquidação a vida humana deixa de ter valor.
O amor, o respeito, há muito deixaram de existir.
Adquira esse Livro Universo em Desencanto, de Cultura Racional, para sentir a Luz da Verdade reflorir dentro de sua pessoa e comprovar em si mesmo que o pensamento é massa falida e, por isso, raciocinar é preciso!

sexta-feira, 11 de março de 2016

ACORDANDO O RACIOCÍNIO



(Gilberto Carnasciali, estudante de Cultura Racional, Miguel Pereira, RJ)

SALVE AMIGOS!

Vejam o que está ocorrendo em todo o mundo; falência física, moral e financeira. Vejam o que ocorre no Brasil; liquidação física, moral e financeira. Tudo caminhando de mal a pior e todos desconhecidos da causa. Sinal dos tempos, mudança de fase.
Tudo isto previsto em detalhes pela Cultura Racional, obra prima de Cultura Racional UNIVERSO EM DESENCANTO, que anuncia a chegada do Raciocínio à Terra no Terceiro Milênio para salvar os humanos, melhor dizendo, para salvar os de origem Racional que desejarem se salvar.
No estado degradado de ser e de estar na matéria, em nosso contínuo processo de nascimento, sofrimento, morte e renascimento, adquirimos vida nova nos transformando de máquinas velhas e doentes em máquinas novas, sendo, entretanto, gerados pela Natureza impura em ventre materno biológico poluído, no espaço contíguo ao de passagem do esgotamento dos dejetos de matéria no abdome. Vejam que deformidade!
E, no entanto, estamos tão próximos do estado de pureza em nossos próprios corpos físicos que ainda não conseguimos perceber. Basta desmaterializar o Habitante do Mundo Racional preso dentro da glândula Pineal em nossas cabeças, para voltarmos a ser puros, limpos e perfeitos em nosso Mundo de Origem, o MUNDO RACIONAL.
Esse processo torna-se agora, na Fase Racional, exequível e facilitado através da leitura e estudo do livro UNIVERSO EM DESENCANTO,  de Cultura Racional, ditado por Deus ao RACIONAL SUPERIOR da TERRA, Senhor Manoel Jacintho Coelho, no Retiro Racional, no Rio de Janeiro. 
O conteúdo, de entendimento fácil, convida o estudante a se conhecer, conhecendo seu passado quando ainda habitava o Mundo de Origem, tendo adentrado uma parte da Planície Racional que não estava pronta para progredir; prossegue ensinando que todos eram corpos de energia Racional puros, limpos e perfeitos vivendo no Mundo em que se originaram, o MUNDO RACIONAL; e que junto com a parte da planície que não estava pronta para progredir desceram perdendo suas energias virtuosas que se transformaram em energia materializada degenerada, degradada e poluída.
Estava formada a matéria sob a forma de água, terra, animais, vegetais, sol, lua e estrelas.
Na extinção dos corpos de energia na água e na terra, o elo de ligação entre o ser humano e o Mundo de Origem Racional ficou mantido através da materialização do Raciocínio na glândula pineal do futuro animal Racional.
É, portanto, da maior importância a aquisição do conhecimento dessa Suprema Obra, para que o vivente aqui na matéria passe a viver simbologicamente da cintura para cima, ou seja, aderindo ao Raciocínio e abolindo o pensamento, substituindo o libido (energia que direciona os instintos vitais e comportamentais do ser humano na matéria) e outras coisas materiais dispensáveis, por objetivos Racionais, deixando de fitar o chão onde se materializou e agora vive, para mirar o Alto, de onde veio originalmente, com seu corpo de energia puro, limpo e perfeito, se deteriorando no decorrer de  21 longas eternidades.
Na matéria tudo tem causa e efeito, princípio e fim.
É dessa forma que o despertar do Habitante do MUNDO RACIONAL se faz; pela desmaterialização do Raciocínio. Aos poucos o progresso de pureza invade o ser, trazendo o verdadeiro equilíbrio, a IMUNIZAÇÃO RACIONAL, a vida Racional simultânea nos dois mundos, em preparação para a última viagem, a do regresso definitivo para a Eternidade.
Portanto, amigos e irmãos de sempre, leiam, estudem, aprendam e repassem para os que desconhecem, fazendo por merecer o que lá na Escrituração está afirmado, reafirmado e confirmado: a SALVAÇÃO ETERNA!

quarta-feira, 9 de março de 2016

CORAGEM PARA SE DOAR



Sistema de partidas dobradas: quem já estudou contabilidade, sabe muito bem do que estamos falando. Falamos do óbvio, onde cada crédito corresponde a um débito e vice-versa, por não existir efeito sem causa.
Mas, ainda tem gente que vive embalado pelos contos da carochinha, dançando na seara dos milagres, achando-se merecedor de tudo sem precisar corresponder.
Assim é a cabeça dos pensadores, por viverem sem se conhecer, desconhecendo completamente que a vida da matéria é um tribunal de direita e esquerda, positivo versus negativo, onde um se alimenta do outro para continuar existindo. Querem viver desconhecendo isso, querem ser mais que a Natureza: LOUCOS!
Tudo que existe é a poder de luta e sacrifício de um e de outro, numa espiral regressiva, onde tudo a cada meio segundo piora, por estar dentro de um campo de vida aparente fora do natural – daí, tudo se transformar, degenerar, deformar, poluir e enfraquecer, até desaparecer!
E foi assim que o pensamento FALIU, e ninguém viu!
Está aí resumido o mundo do pensamento, o mundo primário, de seres primários, onde a maioria esmagadora, por não perceber o caos em que se encontra, está sempre a querer receber e nunca doar. E todo pensador é assim! E insiste em ser pensador, na fase do raciocínio que há muito já chegou!
A loucura é tanta que não percebem que, de tanto receberem sem nada doarem, estão criando um abismo para si mesmos, abismo esse do qual farão parte na passagem desta vida para a outra, onde não terão coisa alguma para se apegarem, nem ninguém para lhes amparar.
A vaidade, a soberbia, a prepotência, a ambição, a ganância e os demais venenos de personalidade, não deixam a pessoa enxergar que a cada recebimento um dever, ou seja, a cada crédito, um débito, pois, é assim que um ser de bom senso se mantém dentro das leis universais de paz, amor e fraternidade.
Acorda, minha gente! Parem de sonhar com o que não existe! Passem a se conhecer e conhecer a vida como ela é e tem que ser, para que tenham amparo, proteção e orientação superiores de forma a lhes dar a coragem necessária para se doarem, num mundo louco onde os zumbis só PENSAM em receber, por falta absoluta de conhecimento verdadeiro da vida.
Estudem Universo em Desencanto, o livro do DONO DA VIDA, antes que seja tarde demais!

terça-feira, 8 de março de 2016

A INGRATIDÃO E O DIA INTERNACIONAL DAS MULHERES



A ingratidão é o fim da estrada do bem e, por isso, ela não tem perdão, porque perdão somente para os de bom coração.
E no dia 8 de março, onde se rendem, internacionalmente, justas homenagens às mulheres, com certeza estão incluídas nessa homenagem todas as pessoas, independente de ser biologicamente homem ou mulher, mas cujas ações congregam essa nobre função feminina, representando a Mãe Natureza, que tudo nos dá sem nada esperar em troca.
Ser mulher é se espelhar na grandiosa Mãe de tudo e de todos, a Natureza, cujo foco é a redenção de tudo e de todos, jamais pensando em si e sempre RACIOCINANDO no benefício de todos, visíveis e invisíveis.
E por assim ser, a Natureza nos prova o seu poder incomensurável, transcendental, pois, poder somente o tem quem só pratica o BEM, razão pela qual se tornou a Natureza a representante de DEUS, a expressão feminina de DEUS, incumbida de levar todos os que vivem sob a égide da gratidão à sua verdadeira libertação, através da IMUNIZAÇÃO RACIONAL, que é a ligação definitiva a DEUS, o RACIOCÍNIO SUPERIOR A TODOS OS RACIOCÍNIOS, e a ENERGIA SUPERIOR A TODAS AS ENERGIAS, através da ENERGIA DE DEUS, a ENERGIA RACIONAL, materializada em letras e mensagens nos livros Universo em Desencanto, de Cultura Racional.
Neste 8 de março, parabéns a todas as pessoas que agem como a Natureza, por já estarem com o raciocínio bem desenvolvido, por terem, ao longo de infinidades de vidas, trilhado o caminho da gratidão, que é o caminho de sua libertação.
Pois, a ingratidão, é o conjunto de todas as ruínas reunidas, por falta de bom coração e, por isso, conduz seus filiados, às plagas da perdição.
Saúde e sossego para todos, pelo desenvolvimento do raciocínio!

domingo, 7 de fevereiro de 2016

O TEMPO – ELEMENTO ILUSÓRIO DA MATÉRIA



(Gilberto Carnasciali, estudante de Cultura Racional, Miguel Pereira, RJ)

O Tempo é um elemento  imutável da matéria. Nós humanos é que nos movemos dentro do Tempo, visto que o Tempo não se move, observa apenas. Estático, silencioso, inalterado e sempre registrando.
Mas, registrando o que?
Tudo, absolutamente tudo o que se passa e nada mais. Quem muda e se transforma todo o tempo somos nós, os passantes. Não é o Tempo que se modifica, somos nós que modificamos nosso tempo. Ou pensamos que modificamos, porém ilusoriamente, pois o Tempo permanece como ele é e sempre foi; Tempo para dar, para receber, para nascer e para morrer, tempo para tudo e tempo para nada.
O tempo nunca faltou para ninguém como ocorre faltar qualquer elemento da Natureza, pois o Tempo é inesgotável. Nós humanos é que faltamos com ele a todo o momento e nos confundimos com a realidade. Ninguém modifica ninguém, muito menos modifica o Tempo. Nós é que nos modificamos e ignoramos este fato consumado assim como ignoramos todo o resto. E o Tempo lá permanece em seu lugar separado e exclusivo, como observador, apenas dando Tempo a ele próprio, o que significa dar Tempo a nós mesmos para nos recuperarmos dessa desgraça que a todos assola, e sairmos deste mundo de matéria para o mundo verdadeiro de nossa origem o MUNDO RACIONAL.
Os registros do Tempo pelos humanos são feitos no passado, presente e futuro. Entretanto, no que toca ao passado, só ficam registrados no Tempo acontecimentos permitidos pela Natureza. As memórias das transformações permanecem apagadas dos registros propositalmente, para abrandar o sofrimento do vivente.
Há tempo para tudo e por isso mesmo é preciso saber utilizá-lo corretamente. É nessa utilização do Tempo que mora o perigo, pois dadas as condições em que vive o ser humano, a tendência é ser atraído e traído pelo mundo das aparências e ilusões e não usar o Tempo a seu favor. Pelo contrário, usá-lo contra si, como uma arma letal, inconscientemente. Perde a vida quem perde seu precioso Tempo. E o Tempo lá, aguardando  pacientemente, estático e silencioso, apenas aguardando.
Tanto aguardou que finalmente chegou o Tempo da Redenção. Chegou o Tempo do Raciocínio na Terra, e a Natureza deu ao Tempo um determinado tempo a partir de 1935 para que todos se adaptassem aos Novos Tempos; o tempo da Fase Racional. E o Tempo entendeu corretamente que sua nova missão teria um futuro limitado e que ele mesmo se extinguiria depois de decorrido esse período de Tempo. Mas enquanto esse Tempo não chega, o Tempo permanece estático, silencioso, imutável, apenas observando.
Mas, observando o que?
Observando a chegada de um novo Conhecimento à Terra que está mudando todos os conceitos de existência do ser humano na matéria e cujos ensinamentos trazem à luz a Planta, o Mapa e a Bússola para orientar seu retorno ao Mundo de Origem, o MUNDO RACIONAL. Portanto, como todas as vidas na matéria tem princípio e tem fim, com a chegada da Obra UNIVERSO EM DESENCANTO foi  demarcado definitivamente o limite do fim do Tempo, ou o Final dos Tempos, como preferirem.
Agora sim, há urgência. Urgência urgentíssima, pois o Tempo passou a fazer a contagem regressiva de sua própria existência neste mundo degradado e poluído e como um obediente comandado da Natureza, o Tempo  passa a seguir doravante o rumo traçado para ele na fase Racional. Quando a Humanidade tiver também seguido seu rumo, o Tempo cessará de existir para aqueles que subirem, mas continuará presente para aqueles que descerem para as classes inferiores. E permanecerá como sempre; paciente, silencioso, imutável e observador, aguardando que o magnético desempenhe sua missão de lapidação por mais sete eternidades, até o retorno dos irmãos irracionais de origem Racional ao seu Mundo de Origem, o Mundo do Raciocínio, o MUNDO RACIONAL.
Só aí, então, o Tempo se extinguirá por si Próprio, voltando a ser o que antes era: ETERNIDADE.

O TUDO É TUDO E O NADA É NADA – SEGUNDA PARTE


(RACIONAL SUPERIOR)

Tudo se perde, tudo se acaba, estamos aqui perdendo tempo, embriagados, e obsedados pelas ilusões que tornou a vida em pandemônios para nós mesmos, para viver a custa de lutas tremendas, de sacrifícios sem recompensa, para daqui a um pouquinho fechar os olhos. A recompensa das lutas fica tudo aí, com sacrifícios, sem recompensa, luta sem recompensa.
Por que quem luta pelo nada, não sabe o que está fazendo. Então, vai lutar pelo nada? O que vale o nada? Nada. Quem luta pelo nada está enganando a si mesmo, está traindo a si mesmo. É um tempo perdido. Portanto, veja como ficaram dominados pela ilusão, dominados pelas fantasias, embriagados por tudo isso e ficaram cegos de uma tal maneira que estão vivendo contra a si mesmo e por isso, o sofrimento se multiplica.
Ambição, para que ganância, para que? Inveja, para que? Traição, para que? Egoísmo, para que? Tudo isto feito do nada, que valor tem? Nenhum.
Então, para viver desta maneira, sofrendo a vida inteira, para depois morrer e ficar tudo aí.
E assim, eu dou razão, porque eram todos encantados. O encantado é um inconsciente, não sabia o porquê ele assim era, e o porquê o mundo assim é.
E tinham que viver mesmo igualmente, a bichos, por estarem sob o domínio do fluido elétrico e magnético, então, tinham que viver mesmo como bichos. Imbuídos na matéria, imbuídos no mal e multiplicando o mal, e o bem sempre por encontrar.
Quem sofre não está vendo o que faz, e assim, hoje, chegando em mãos de todos, o porquê disto tudo, o porquê a vida se constituiu assim deste jeito, horrivelmente, de muitos até em certas horas ter nojo de serem assim como são. E por isso, vivem desgostosamente, desanimadamente, sem saber o porquê disto.
Muitas vezes dizendo, “Não compreendo esta vida, não sei porque assim, sou, que infelicidade, não sei por que somos assim. Vamos vivendo até que um dia cheguem a conhecer, o porquê desta vida assim ser.”
E assim, hoje, com todo o conhecimento completo do porque que ficaram assim deste jeito, vivendo todos amargurados, certas horas bem desanimados, e sem terem onde se agarrar, sem terem com quem contar.
E por isso, tragados pelos terremotos, maremotos, furacões, por tufões, enchentes, sem terem onde se agarrar, sem terem a quem pedir, sem terem com quem contar sendo vítimas dessas infinidades de catástrofes, faíscas elétricas, sol de matar como fogo, frio de matar, doenças incuráveis, faíscas elétricas, raios, epidemias, sem ter com quem contar nem onde se agarrar, sendo vítimas disto tudo, tinham mesmo que ficarem descompreendidos de tudo e alheios a tudo. Por estarem aí a mercê de salve-se quem puder. Por não terem com quem contar, por não terem onde se agarrar, por estarem aí perdidos, sendo vítimas da brutalidade da natureza, da brutalidade, do progresso das artes. Esfacelamento pela multiplicação dos desastres, progresso das artes.
E assim, tinha mesmo que acontecer, por estarem aí perdidos sem saber o porquê, sem saber o porquê disto tudo e muitas vezes costumavam a dizer, “O mundo é um fenômeno, não se compreende esta natureza, que vive revoltada com os seus habitantes, não sabemos porque, não sabemos o porquê estávamos vivendo desta maneira. Como não sabemos o porquê a natureza assim é.”
E assim, vivendo estupidamente, sempre com medo e com receio de tudo, por estar perdido neste mundo, e por estar perdida, eis a razão do sofrimento, noite e dia e dia e noite.
Eis a razão da multiplicação do sofrimento. Eis a razão da multiplicação da degeneração.
Tudo que degenera diminui, com multiplicação, vindo o nada, chegando ao nada. Vivendo assim, horrivelmente, uns contra os outros, a traição, as falsidades as vinganças, a inveja e o olho grande, uns querendo ser melhores que os outros, enfim, um desequilíbrio infernal.
Isto tudo, estas ruínas todas, se multiplicando onde iam chegar, onde iam acabar desse jeito, desamparados desse jeito, como é que iam findar com a multiplicação dos males, com a multiplicação das ruínas, onde iam chegar, em que ponto iam chegar.
E assim, vejam a inconsciência, ao ponto que chegou, que muitos percebem bem, às conseqüências catastróficas da humanidade e outros não.
Para evitar o caos, da humanidade, está aí a IMUNIZAÇÃO RACIONAL, a Redentora para o bem de todos, para o equilíbrio de todos, para a alegria de todos, para a satisfação de todos, para o equilíbrio de todos, para a salvação de todos; a Redentora IMUNIZAÇÃO RACIONAL.
Então, nascerá em todos o equilíbrio verdadeiro Racional, e tudo então, se modificará de bem para melhor, e não de mal para pior como iam.
Começando todos a viverem Racionalmente, e progredindo Racionalmente. E todos Racionalmente, multiplicando o bem sempre, e o extermínio do mal, o extermínio dos males, e então, a própria natureza começando a favorecer todos por todos estarem vivendo Racionalmente, e não como bichos uns contra os outros.
Então, aí, tudo de bem tudo de bom, todos felizes e contentes por terem a definição do seu ser completo e a definição do mundo, o porquê do sofrimento pavoroso, por estarem aí perdidos, dentro deste mundo por desconhecer o porquê se tornaram encantados dentro de um encanto que não tinha solução e agora a solução chegou, a IMUNIZAÇÃO RACIONAL, o desencanto de todos.
E todos brilhando Racionalmente, para sempre, e aí terminando os males da vida e terminando os males do corpo, por estarem progredindo Racionalmente, vivendo Racionalmente, orientados pelo seu verdadeiro mundo de origem, a PLANÍCIE RACIONAL.
E todos iluminados pela sua verdadeira Luz Racional, a verdadeira luz dos animais Racionais, a luz do mundo de sua origem a PLANÍCIE RACIONAL.
E assim, todos imunizados e todos felizes, vivendo brilhantemente, e contentes para sempre, para o resto da vida.
Está aí, o porquê sofriam tanto, sem saber por quê.
Está ai um pedacinho do porque, por estarem sob esta base que não pertenciam, do fluido elétrico e magnético causador deste encanto e causador de todas as ruínas do ser humano. Agora iluminados pela sua verdadeira luz, a Luz Racional, se afasta, desliga os males do corpo e os males da vida pelo fluido puro entrar dentro do seu EU e ficar ligado ao seu mundo de origem, a PLANÍCIE RACIONAL.
Então, todos sendo orientados Racionalmente, e aí todos entrando em forma Racional, devido às orientações para todos ser da PLANÍCIE RACIONAL, do mundo do animal Racional.
Aí então, todos felicíssimos de bem para melhor sempre, Racionalmente, que para chegar a esta conclusão é como já sabe, persistência na leitura, ler e reler sempre para se desenvolver Racionalmente.

LEIAM OS LIVROS: “UNIVERSO EM DESENCANTO”
A VERDADEIRA ORIGEM DA HUMANIDADE!