Follow by Email

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

TRIAMBOSFERA


 (Porfírio J. Neves)

Existem certas “coisas certas” na vida que, para serem explicadas, nem todas as palavras do mundo seriam suficientes.
Então, novas palavras se fazem necessárias, para irem clareando o entendimento de quem quer ser clareado em suas mentes.
E esta é, certamente, uma palavra que deixa muita gente boa de “cabelo em pé”, como foi que me aconteceu por muito tempo, desde que tomei contato com este “neologismo”, no livro Universo em Desencanto.
A definição literal dada pelo autor, é:
Triambosfera é a passagem de um corpo da atmosfera para outro, ligando o cosmo artificial e deformado, com a estratosfera virgem Racional.
A estratosfera virgem Racional é a estratosfera pura, limpa e perfeita“.
Assim disposto, o termo parece se relacionar com uma transmigração dos corpos, alertando para um entendimento Racional de que Energia tem “corpo”: Corpos de Energia migrando para outros corpos de energia, da energia deformada para a energia virgem Racional.
Algumas considerações preliminares, julgo importante apresentar sobre o “somos 2 em 1″:
1) Esta afirmativa vivenciada pela humanidade, tanto pelo aspecto psíquico (o íntimo e as aparências), quanto pelo aspecto espiritual (conceito de corpo e alma), pode ainda ser vista como uma permanente e persistente verdade em outro níveis de consciência.
E assim é, com relação à origem do ser humano e sua verdadeira origem. A origem é uma parte relativa à “matéria animada”; a verdadeira origem é a outra parte, relativa à força animadora da matéria, ou, o Raciocínio. Somos, portanto, 2 em 1 pela origem, também.
2) A Natureza tem sua própria composição dual: elétrica e magnética; muitos a tratam como sendo um conjunto elétrico e magnético, positivo e negativo. Somos, portanto, 2 em 1 pela própria Natureza que nos fez.
3) O “entrelaçamento quântico” não é apenas um fenômeno científico dual, sugere que duas vidas podem estar “entrelaçadas” para a formação de uma única vida. E ainda nos dá uma percepção experimental que pode justificar, em parte, a nossa própria existência dual, como um observador quântico que observa o comportamento dual da Natureza.
A Natureza é quântica“: esta afirmativa resume em si a percepção deste entrelaçamento quântico a que me refiro. Somos, portanto, 2 em 1, como criador (observador quântico) e criatura (comportamento dual).
Resumindo, somos 2 em 1: superior e inferior; onde o inferior é também 2 em1: direito e esquerdo.
Este foi um dos aspectos que favoreceu, historicamente, muita confusão na abordagem das três questões não respondidas pela humanidade, até então, porque não se considerava o ser 2 em 1 verticalizado, por falta do conhecimento do Terceiro Milênio.
Quem somos?  De onde viemos? Para onde vamos?
Isto posto, que muitas análises diversas poderiam ainda ser extensivas nesta temática, “triambosfera” é um termo que está ligado ao contexto do “2 em 1 vertical”: criador e criatura; enquanto que a metempsicose, ou transmigração das almas, está ligada ao contexto da dualidade da criatura: corpo e alma, ou “2 em 1 horizontal”, onde a alma deveria ser entendida como a força elétrica e magnética que faz a circulação do sangue no corpo.
Voltando à definição literal de “triambosfera“, portanto, precisamos estar atentos ao que é um “cosmo artificial e deformado” e o que é uma “estratosfera virgem Racional“.
“Cosmo artificial e deformado” é a parte relativa ao corpo de matéria que se comporta com a dualidade de “corpo e alma“, elétrico e magnético, ou segundo mundo, resultado de uma organização feita em sete partes, em que o Raciocínio (é o ser animador) está materializado por sete partículas de vidado “Criador“. Podemos resumir este sentido como sendo o cosmo onde persiste e vive o corpo do “ser material” ou “ser animal“.
“Estratosfera virgem Racional” é a parte relativa ao corpo do “Criador“, ou corpo daquele que habita, Habitante do Mundo Racional que está materializado em forma de máquina do Raciocínio. Esta “materialização” foi feita nas três partes fundamentais que deram início à “Matéria“: Céu, Terra e Água, que são o início da transformação de um “objeto criado”, puro, limpo e perfeito (Planície Racional), com a subseqüente degeneração e deformação, até se transformar, em parte, no “cosmo artificial e deformado“.
Ficaram assim: dois mundos com uma “passagem” entre eles, que quem estava no cosmo deformado não tinha condições de perceber a existência da estratosfera virgem Racional, porque na sua dualidade existencial, horizontal, já presumia, pensava e imaginava, ser a dualidade vertical.
E por que não podia ser percebida esta “passagem” entre os dois mundos?
Uma explicação neste sentido está expressa na própria palavra “triambosfera” que a define.
Separando os 3 termos da palavra: TRI – AMBOS – FERA.
“Tri” significa uma sucessão de 3 eventos simultâneos que só podem ser entendidos e realizados com a Cultura do “Terceiro Milênio”, a saber:
1) A desmaterialização do Habitante do Mundo Racional. O que estava “materializado” no início da “matéria“, pelo desenvolvimento do Raciocínio, volta a se formar com seu corpo de Energia cósmica, puro, limpo e perfeito; portanto é o corpo do “criador” que volta à estratosfera virgem Racional. Podemos ainda dizer que é o dono do livre arbítrio, ou responsável pela transformação do primeiro mundo para o segundo mundo, e por isso ficou “materializado” sofrendo as conseqüências de seu arbítrio.
2) A desmagnetização da força elétrica e magnética do corpo de matéria. O corpo de matéria passa a ser “animado” (regido) pela força Racional da origem do Raciocínio; conhecida como Energia Racional. Trata-se portanto de uma “limpeza” dos dutos de força do corpo de matéria, sendo preenchidos por uma única Energia. O corpo de matéria é promovido para uma classe superior de vida, conhecida como “Aparelho Racional“.
3) A Racionalização da “matéria“, ou melhor, a Racionalização do vivente de vida eterna (fluido Racional), ou Corpo de Energia Racional, que dá causa ao micróbio que gera o corpo de matéria. O “Corpo de Energia Racional” é o feito da Causa, onde o Habitante do Mundo Racional estava “materializado“, formando a máquina do Raciocínio, que assim identificava a origem Racional do corpo de matéria. A Racionalização é todos (os dois) conhecendo o mundo de sua Raça e sabendo como voltar para Ele.
“Ambos” é o termo que se aplica aos dois corpos unidos em um: o corpo extinto do Habitante do Mundo Racional, e por isso estava “materializado” e o corpo do vivente de vida eterna, formado no início da matéria e que dava causa ao micróbio.
“Fera” é o termo que se aplica para todas as esferas da vida, que se compõem com as dimensões da vida eterna (primeiro mundo) e das vidas transitórias, ou “Rosário da Vida” (segundo mundo).
Desta forma, TRI-AMBOS-FERA, é uma “passagem dimensional“, em que todos (os dois) voltam para o seu verdadeiro Mundo de Origem, o Mundo Racional, deixando de existir nesta vida da matéria, onde tudo é passageiro e provisório.
E por isso não tínhamos condição alguma de perceber esta passagem porque não dependia de pensar nem de imaginar, dependia sim do desenvolvimento do Raciocínio.
passagem, ou morte do corpo de matéria, como era entendida até então, não levava ninguém para o Mundo de Origem, porque o “Corpo de Energia Racional” que dava causa ao micróbio permanecia ligado nesta dimensão da vida do cosmo artificial e deformado.
A verdadeira passagem, Racional, se dá em vida plena do corpo de matéria; olha que é em vida, pelo desenvolvimento do Raciocínio.  Não é uma sugestiva vida após a morte, não! É em vida!
E esta passagem é expressa por uma nova palavra: “Triambosfera“. Não é apenas vida após a morte, porque a morte é um feito da Natureza para nos preparar para encontrar esta passagem triambosférica, ou se preferirem, nos preparando para a verdadeira ressurreição de toda a humanidade. E está na hora!
Como dizia Francisco de Assis, é morrendo que se nasce para a vida eterna; essa foi a preparação feita pela Natureza, pelas transformações feitas pela Natureza, que eram vistas como reencarnações por alguns.
Todos voltando (os dois) para o seu verdadeiro Mundo de Origem, saindo do mundo das 3 dimensões e voltando para o mundo da vida eterna, o Mundo Racional.
Lendo o Livro Universo em Desencanto: este é o Portal Dimensional, que em breve, estará plenamente aberto em toda a formação da Natureza, com o progresso da Fase Racional. Todos voltando ao seu Mundo de Origem, o Mundo Racional.
Observação: Este texto está, evidentemente, sujeito a complementações, cuja compreensão depende muito do desenvolvimento de quem o lerá, porque quem o escreveu, sempre que o lê, encontra novas ilustrações.

SE ALIE À VERDADE E SEJA UM RACIONAL


Amigos, SALVE!
Amigo, procure conhecer o seu verdadeiro natural. Procure saber quem somos, de onde viemos e porque viemos.
Procure saber também como iremos voltar de onde saímos.
Chega de viver de aparência, aparentando o que não são. Acordem de viver iludidos, errando mais do que acertando, pelo desconhecimento do CERTO, pelo desconhecimento da Natureza que favorece todos que dela tomarem conhecimento.
E esse conhecimento você vai saber no livro Universo em Desencanto, que lhe orientará como viver a favor da Natureza e, não, contra ELA. Todos estão caminhando cegos de olhos abertos, sem terem noção de qual caminho a seguir para fugir dos desastres, dos sofrimentos que estão aniquilando uns e outros.
A violência, os assaltos, essa mortandade sem limite que é orientada pela energia negativa, a energia do mal, que toma a cabeça dos arteiros, dos que estão com o pensamento seco para fazer essas crueldades, essas desumanidades que estão sendo feitas, principalmente com crianças.
É preciso conhecer a verdadeira energia que afastará todo esse mal que vibra no mundo.
Saiba como, Amigo, conhecendo a ENERGIA RACIONAL, no livro Universo em Desencanto de Cultura Racional.
RACIONAL é Razão da vida. E para saber como, leia o livro da Vida, o livro-DEUS, o Verdadeiro, o RACIONAL SUPERIOR.
Se alie a essa verdade e seja um RACIONAL, para ser guiado sempre para o certo.
O livro é Universo em Desencanto, de Cultura Racional.

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

CADA QUAL ESCOLHEU SEU DESTINO: A VONTADE É LIVRE!


Amigos, SALVE!
Amigos, a porta da bandidagem está aberta! Agora é 4 para cima e 4 para baixo, onde cada qual escolheu seu destino: a vontade é livre!
Procurem se acertar na vida.
Amigos, procurem encontrar a escada que os levará para cima. E para encontrar essa escada, siga pela estrada Racional, a estrada do certo, a estrada onde sua pessoa estará acobertada pelo Energia da Razão da Vida, que o desviará de caminhos para encontros com energias de baixo, que são as ferramentas que essas energias usam para os acontecimentos, que estão surgindo a olhos vistos pelo mundo.
Procure, Amigo, conhecer o que o livrará deste campo negativo, conhecendo a ENERGIA RACIONAL, no livro Universo em Desencanto.
Sua pessoa, atendendo essa orientação através da leitura do Livro, só caminhará para cima, para o certo, para o verdadeiro equilíbrio físico, moral e financeiro.
2014 está caminhando para o fim.
Entre, Amigo, o Novo Ano com a Verdade das verdades em suas mãos, com um Novo Ano de paz, de amor e de concórdia, onde é preciso que todos que tomaram conhecimento do livro Universo em Desencanto, se confraternizem uns com os outros, para a harmonização de todos com a Natureza.
E assim fazendo, a energia magnética, a energia negativa, vai sendo enfraquecida pela harmonização dos viventes com a ENERGIA RACIONAL, no livro Universo em Desencanto.
Só assim, Amigo, a paz reinará no mundo.
O livro é Universo em Desencanto, de Cultura Racional.

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

ACORDEM: ESTÃO ALIMENTANDO E FORTIFICANDO A ENERGIA NEGATIVA!


Amigos, SALVE!
Todos os erros, as maldades que se passam, terão que ser prestadas as contas com a Dona de todas as vidas, que é a Natureza!
E pelo desconhecimento da energia que combate o mal da energia negativa, para saber o que deve ser feito, é que os viventes estão com o pensamento enfraquecido, sendo esses viventes as principais presas da energia negativa.
Amigos, acordem para o que está acontecendo no mundo e o que a caminho está!
Mãos postas, pedidos, súplicas: nada dará jeito para o que está a caminho muito naturalmente, sem que as pessoas percebam que estão sendo envolvidas pelo mal.
É preciso conhecer o que irá bloquear as doenças que irão chegando sem pedir licença, sem bater na porta de ninguém! Não existe distância para a energia que comanda todos os tipos de malefícios.
O livro da CURA para todos os males está na Terra desde 1935, alertando a humanidade para a mudança de fase, que traria grandes transformações para quem estivesse alheio a essa mudança.
Só a ENERGIA RACIONAL, dos livros Universo em Desencanto, bloqueará tudo de mal que, muito naturalmente, irá chegando.
Pelo desconhecimento do livro Universo em Desencanto, as pessoas estão seguindo caminhos que estão fortificando a energia negativa, alimentando esse mal, com movimentos errados – e de nada vai adiantar e, sim piorar.
Acordem, vão para o conhecimento RACIONAL, que é a ENERGIA RACIONAL, dos livros Universo em Desencanto.

QUEM MANIPULA VOCÊ PARA OS DESACERTOS


Amigos, SALVE!
Amigos, procurem adquirir o livro Universo em Desencanto para tomar conhecimento das energias que vibram em cima de tudo e de todos.
A energia negativa é a energia do mal. Os viventes recebem as orientações maléficas dessas energias. E o que é que esses viventes  estão fazendo? Matando, roubando, estuprando a torto e a direito. Não importa quem caia na mão dos estupradores, seja criança ou adulto.
Acordem, Amigos! A única energia que vai bloquear essas energias destruidoras é a ENERGIA RACIONAL. É a única! E ELA está nos livros Universo em Desencanto, de Cultura Racional!
Você quer fazer tudo certo, caminhar certo, mas, tudo o que você quer fazer não dá certo, pelo fato de estar sendo bombardeado pela energia negativa.
Por isso, Amigo, livre-se dessa energia, indo em busca da ENERGIA RACIONAL, a energia que está nos livros Universo em Desencanto, a qual, através de sua leitura vai lhe facilitar um caminhar tranquilo e em segurança.
O mundo está passando por momentos intranquilos, onde a energia das doenças, da fome, está a caminho. Tudo sendo encaminhado tão naturalmente, para que os viventes acordem, pois, esse viver não é o certo.
O certo é procurar algo que facilite o viver sem doenças, sem fome, sem desajuste social, sem desespero pela perda do ente amado, de filhos, de mães, de pais e de amigos.
E esse algo existe, Amigo, e ele está na ENERGIA RACIONAL, nos livros Universo em Desencanto, onde sua pessoa, enfim, saberá quem o manipula para os desacertos e, o mais importante, como colocar fim nessa manipulação.
Não facilite sua vida numa queda onde não há ninguém que apareça para ajudá-lo a se levantar.
Para que isso não aconteça, agarre-se à ENERGIA RACIONAL, que é a energia da vida, a energia da saúde e do bom viver.
Acorde, Amigo, com o que vem por aí! Não vai ter LIVRO que chegue! Seja inteligente: vá em busca de seu livro Universo em Desencanto!

CARTA AO INQUILINO DA TERRA


(Autor Desconhecido)
 
Senhor Morador!

Gostaríamos de informar que o contrato de aluguel que acordamos há milhões de anos atrás está vencendo.
Precisamos renová-lo, porém, temos que acertar alguns pontos fundamentais:
Você precisa pagar a conta de energia. Está muito alta! Como você gasta tanto?
Antes eu fornecia água em abundância, hoje não disponho mais desta
quantidade. Precisamos renegociar o uso.
Por que alguns na casa comem o suficiente, às vezes até desperdiçam e
outros estão morrendo de fome se o meu quintal é tão grande?
Você cortou as árvores que dão sombra, ar e equilíbrio. O sol está quente e o calor aumentou. Você precisa replantá-las novamente.
Todos os bichos e as plantas do meu imenso jardim devem ser cuidados e preservados. Procurei alguns animais e não os encontrei. Sei que quando aluguei a casa eles existiam.
Precisam verificar que cores estranhas estão no céu. Não vejo mais o azul.
Por falar em lixo, que sujeira, hein? Encontrei objetos estranhos pelo
caminho! Isopor, pneus, plásticos, latas…
Não vi os peixes que moravam nos lagos, rios e mares. Vocês pescaram
todos? Onde estão?
Bem, é hora de conversarmos. Preciso saber se você ainda quer morar aqui.
Caso afirmativo, o que você pode fazer para cumprir o contrato?
Gostaria de ter você sempre comigo, mas tudo tem um limite. Você pode mudar?
Aguardo respostas e atitudes.
Sua casa, a TERRA.

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

PREFEREM SOFRER, DO QUE OBEDECER!


Amigos, SALVE!
É possível que um pai ou mãe, no uso perfeito de suas faculdades mentais, faça sofrer um filho ou filha que sempre o respeitou e obedeceu?
Claro que não!
Portanto, voltemos nossa atenção para a humanidade sofredora, em que esse sofrimento, já há muito, vem crescendo assustadoramente, de segundo a segundo!
Não deu ainda para concluir que essa humanidade vem vivendo em desrespeito e desobediência?
Desrespeito e desobediência a quem?
A seu Pai Verdadeiro, que é o SER SUPREMO, e à sua Mãe Verdadeira, que é a Natureza, incumbida pelo Pai, para nos gerar, nos criar e nos manter de tudo e sem a qual ninguém e nada pode viver.
Esquece a humanidade de uma coisa por demais simples e que é a seguinte: o respeito e a obediência às leis naturais universais dessa soberana e poderosa Mãe.
Aí, muitos perguntarão:
“Mas, que leis são essas?”
Ora, são as leis eternas que a humanidade olvidou e renegou num longínquo passado, quando começou a desenvolver uma cultura artificial, materialista, que contempla e alimenta exatamente o oposto às leis naturais universais, mantenedoras da vida, desrespeitando o que é de direito, fazendo do torto o direito e do direito o torto.
E, assim, vivendo em completa desobediência e desrespeito a quem, de graça, a vida nos dá, bem como tudo que necessitamos, com absoluta precisão e no momento certo, para a viabilidade da vida!
E esse estado milenar de desobediência e desrespeito é que resulta no sofrimento hediondo de todos no mundo, sofrimento esse que já se tornou insustentável para uma grande maioria!
E perguntam:
“E como voltar a viver em obediência e respeito às leis naturais universais?”
Muito simples: tomando novamente conhecimento dessas leis.
E perguntam mais:
“E onde encontrar essas leis?”
No contencioso dessas leis, que compreendem a cultura natural da Natureza, Universo em Desencanto, livros de Cultura Racional, ou NATURAL, que é a mesma coisa.
E faz é tempo que nós, que estudamos esses brilhantes livros, estamos indicando esse caminho de retorno ao natural. Mais precisamente: desde 1970.
E, por último, perguntam:
“E por que tão pouca gente no mundo (80 milhões em meio a 7 bilhões) estudando esses livros?”
Muito simples: é devido à natureza em geral do ser humano ser tão primária, tão deformada do natural, que a maioria prefere sofrer a obedecer, dando vazão a vontades SEM LIMITES.
E, assim sendo, não têm nem a curiosidade de abrir esses livros racionais, para se certificarem e conferirem tudo de fantástico e de extraordinário que temos divulgado sobre essa cultura recuperadora do equilíbrio dos seres humanos.
Minha Gente, até quando vamos continuar contemplando e alimentando o sofrimento e a dor?
Não acham que já sofremos demais? Acham pouco o que temos sofrido?
Até quando essa humanidade vai persistir na desobediência às determinações da Natureza, que mudou de fase desde 1903, entrando em vigor essa mudança em 1935 e, por ter mudado de fase, da fase do pensamento para a fase do desenvolvimento do raciocínio, não aceita mais ninguém SEM SE CONHECER pelas leis naturais universais. Não aceita mais, em hipótese nenhuma, que o ser humano continue vivendo sem desenvolver a sua parte racional, que é o raciocínio, glândula pineal, que é o Terceiro Olho – aquele que, depois de desenvolvido, passará a enxergar a solução de todos os problemas existentes, colocando fim em todos os males da vida e do corpo.
Mas, a vontade é livre, como sempre foi, tem sido e continuará sendo.
De formas que, quem quiser continuar a desrespeitar e desobedecer as leis naturais universais, que o faça! Mas, terá, obrigatoriamente, que continuar a sofrer cada vez mais, sem ter com quem contar e onde se agarrar.
SALVE-SE QUEM QUISER, pois, cada qual é o único responsável por seu sofrimento ou felicidade, dependendo do que escolher para si mesmo.
Porém, quando estiverem no auge do sofrimento, por desrespeito e desobediência, nada terão a reclamar de ninguém e de nada, a não ser, reclamar de si mesmo!

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

A FÉ


(Danusa Paulino Souto)

Amigos, SALVE!
Nos livros Universo em Desencanto diz:
“A fé fanatiza, a fé é do falso condutor. Se a fé valesse e resolvesse, todos venceriam com o poder da fé e ninguém sofreria.
Não haveria sofrimento, porque todos com o poder da fé resolveriam tudo de bom ou de mal. Por a fé ser um enigma desse encanto é que vivem mantendo o sofrimento e o pranto.”
Esta declaração pode até chocar alguns leigos, que retrucam: “a fé remove montanhas …fui curado através da fé” …outros: “Que é isso?… se a gente não tiver fé, como é que fica? …a vida sem fé não tem graça”.
Bem, vejamos: de acordo com a ciência a fé, às vezes, faz a pessoa produzir um impacto que pode causar (junto com algum auxílio, como por exemplo, uma oração) a redução dos hormônios do stress, tais como a noradrenalina e adrenalina. Mas, a fé não se trata especificamente de intervenção divina, feitiçaria ou coisa e tal. Trata-se de comportamento, certo autocontrole.
De acordo com a Revista Superinteressante de novembro 2013: “A genética também ajuda a explicar a origem da fé. O geneticista americano Dean Hamer causou rebuliço no meio científico em 2004 ao anunciar a descoberta dos genes da fé – ou, como ele preferiu chamar, o gene de Deus. Batizado de  VMAT2, trata-se de um conjunto de genes que ativam substâncias químicas que dão significado às nossas experiências. Eles atuam no cérebro regulando a ação dos neurotransmissores dopamina, ligada ao humor, e serotonina, relacionada ao prazer.
Durante a meditação, por exemplo, esses neurotransmissores alteram o estado de consciência. “Somos programados geneticamente para ter experiências místicas. Elas levam as pessoas para algo novo, ouvem Deus falar com elas”, explica Hamer. O pesquisador aplicou um questionário para medir o grau de espiritualidade em um grupo de 1.001 voluntários”.
Sabemos que tudo neste mundo é energia transformada em seres (visíveis e invisíveis), mas, que essa energia que não é mais a nossa verdadeira, a primordial, que é a energia do nosso mundo de origem que se deformou e se degenerou em 2 (duas), que são as energias elétricas e magnéticas, componentes de todos os níveis existentes neste universo em que vivemos, a saber: a elétrica mais forte, mais ou menos, e mais fraca e da mesma forma, a magnética.
A fé é um ser componente deste contexto eletromagnético, um ser invisível, portanto, é um ser de energia sutil, que se traduz e se manifesta em nossos sentimentos. Daí ela funcionar como um bom paliativo, quando a intenção é para o bem.
Sim, um paliativo. E por quê?
Porque:
- Bastaria ter fé para que a fome e a miséria e a desigualdade no mundo cessasse;
- Bastaria ter fé para o desemprego no mundo cessar;
- Bastaria ter fé para as doenças no mundo cessarem;
- Bastaria ter fé para as guerras no mundo cessarem;
- Bastaria ter fé para o terrorismo no mundo cessar;
- Bastaria ter fé para o sofrimento no mundo cessar!
Temos que ter a Consciência Verdadeira, a supraconsciência, que é o desdobramento sobre si mesmo, sobre os outros e o resto do Universo conseguido no desenvolvimento do Raciocínio. É justamente disto que mais precisamos hoje e não da fé, principalmente a fé cega.
De acordo com os estudos da Antropologia, a fé consiste em um sentimento de respeito, submissão, reverência, confiança e até de medo em relação ao sobrenatural, ao desconhecido. Ela não supõe compreensão.
E à luz da Teologia cristã – e aqui reside seu maior dilema – fé vem do latim “credere”, derivado do verbo crer, gerando uma opinião vaga, incerta e indefinida, como alguém que diz: “Creio que vai chover!”
A palavra fé vêm do termo “fides”, radical de fidelidade, harmonia e sintonia, ao contrário do que o mundo cristão pensou em ser “crença”.
É que o substantivo latino “fides” não tem verbo, e como fé é derivado de fides, também em Português, como na maior parte das línguas neolatinas, não existe verbo derivado dela, aí usaram a palavra crer, crença.
O verdadeiro “fides”, harmonia, fidelidade é com as Leis extra-Cósmicas Naturais, base de tudo existente e, não fora delas. E é através dessas leis, contidas nos livros Universo em Desencanto, que se consegue o desenvolvimento do verdadeiro “fides”, cujo ponto de partida único, é o desenvolvimento do raciocínio ou Glândula Pineal.
Qualquer outro procedimento diferente desse, apenas manterá o ser humano preso a essa cadeia milenar de paliativos, num nasce e morre constante, e sempre em piores condições, regadas pela esperança, que é a última que morre, sem jamais alcançar a definitiva bonança.
Para sair dos paliativos, o livro é Universo em Desencanto, de Cultura Racional, para acessar o “fides” real.
Essa sim, é a sintonia verdadeira e positiva.