Follow by Email

terça-feira, 25 de novembro de 2014

FALAR MAL DO ALHEIO: INDÍCIO DE GRANDE ATRASO!


Uma saudação Racional a todos!
Comentários negativos do alheio não mudam o alheio. Seja ele seu parente, seu cônjuge, seu vizinho, seu “amigo” ou “amiga”, seja um político ou um empresário, enfim, seja quem for, continuará sendo o que é independente de seu comentário.
Para que, então serve o comentário sujo? Para sujar quem o faz e expandir a sujeira pelo mundo, que já está por demais sujo.
O vivente que “pensa” que com seu comentário negativo vai mudar as pessoas e o mundo, é um vivente muito infantil, que somente consegue com esse tipo de comportamento, mostrar seu nível de atraso, de desconhecimento da vida e do desrespeito a quem realmente tem condições de mudar uma má pessoa e uma má situação: a Natureza, somente a ela cabe mudar para melhor ou pior quem faz por onde ser melhor ou pior. Por quê? Porque a Natureza é do PODER SUPREMO A TUDO E A TODOS!
A humanidade, em maioria, por NÃO SE CONHECER, por não se interessar em conhecer as leis naturais universais, coloca-se numa posição arrogante de juiz de tudo e de todos, como se dona do mundo fosse, julgando-se, o vivente, melhor que os demais, como o mais inteligente, o mais sábio, o mais perfumado, querendo que seu “perfume” domine todos.
Como pode quem NÃO SE CONHECE conhecer tudo que é alheio? Como pode quem sofre (ora está bem, ora está mal), poder dizer o que é certo e o que é errado, pois, se nem a si mesmo conhece e vive em desacertos?
Se comentar os erros alheios ou os próprios tivesse o poder de eliminá-los, o mundo há muito já viveria em paz, vivendo todos acertados.
Comentar o mal é contemplar o mal. Contemplar o mal é dar força, valor e importância ao mal.
Se de repente a humanidade parasse de comentar sobre o mal e se firmasse em si mesma, em se ligar no BEM que tem dentro de si, há muito o mal já teria perdido sua força e o seu poder.
Sim, porque o mal campeia pelo mundo pelo fato da humanidade valorizá-lo muito mais do que o BEM.
Quando todos se conscientizarem disso, aí, sim, a Natureza, que é de DEUS, providenciará a retirada do mal, porque o mal terá perdido sua utilidade, qual seja, lapidar, fazer sofrer a humanidade até que ela se compenetre de que o mal é um estado provisório e de que o BEM é o estado verdadeiro natural – eterno.
Amigos, reflitam sobre a inutilidade, a serventia nula de comentários negativos sobre o alheio, que somente reforçam o mal, pois, há muito já dizia o ditado: “Falem mal, mas, falem de mim!” Sim, é isso que o mal quer: sua propaganda, sua publicidade pelos quatro cantos do mundo.
Como há também aquele ditado que diz: “Senta no próprio rabo para falar do rabo alheio.”
Então, cuidemos cada qual, com empenho, em melhorar a nós mesmos: todos melhorando, o mundo melhorando.
Mas, para isso, é fundamental conhecer a verdade sobre QUEM SOMOS, DE ONDE VIEMOS, COMO VIEMOS, POR QUE VIEMOS, PARA ONDE VAMOS E COMO VAMOS.
Sim, ninguém terá base para se firmar no BEM, sem conhecer a sua verdadeira origem, que é a primeira origem, de onde provém o BEM, pois, que a segunda origem há muito já conhecemos pelas escriturações espalhadas pelo mundo. E que as revelações da segunda origem estão certíssimas, mas, precisamos complementar e conhecer o antes de ser dessa segunda origem, precisamos conhecer tim tim por tim tim a primeira origem, que é de onde veio tudo existente neste mundo em que sempre vivemos em total desequilíbrio, exatamente pela falta de conhecimento da primeira origem.
Somente, tão somente os conhecimentos dados pela primeira origem têm força e poder para complementar nosso desenvolvimento.
Com os conhecimentos da segunda origem, desenvolvemos o pensamento, o qual já atingiu seu clímax de desenvolvimento, terminando sua fase.
Precisamos continuar essa grande jornada da vida, tomando conhecimento da sabedoria que já está na Terra para dar prosseguimento ao nosso desenvolvimento e evolução, numa nova e derradeira fase, a Fase Racional, de desenvolvimento, enfim, da nossa parte racional, o raciocínio (glândula pineal), a parte que pertence à PRIMEIRA ORIGEM. E, por isso, não poderia ter sido desenvolvida pelos conhecimentos da Segunda Origem. Tal como uma flor, que antes de chegar a flor, tem que passar pela fase de botão. Simples assim!
Então, respeito a tudo que já existiu e ainda existe. Tudo foi fantástico para nos trazer até aqui: filosofias, seitas, religiões, doutrinas, sistemas políticos e econômicos etc. Tudo isso foi um grandioso trabalho da Natureza para nos lapidar e tirar a nossa casca grossa de atraso, brutalidade e selvageria, pois, já fomos muito piores do que somos hoje. Mas, o tempo de função de tudo isso terminou, porque a Natureza anda é para a frente e para o alto. Tudo passa, como tudo tem passado.
E o sentimento que todos devemos ter com relação a tudo isso da fase do pensamento, por estranho que lhes possa parecer, é o da gratidão.
Então, não percamos mais tempo comentando sobre o mal, que sua fase já terminou. E se ainda está presente no mundo é porque a humanidade, em maioria, infelizmente, teima em marcar passo numa fase que já terminou desde 1935: a fase do pensamento.
Estamos certos de que todos procuram o melhor para si.
Portanto, aqui vai a recomendação de onde todos nós nos abastecemos culturalmente em sintonia com as leis naturais universais: Universo em Desencanto, livros de Cultura Racional, a cultura do Primeiro Mundo, a cultura natural da Natureza.
Esses conhecimentos culturais racionais é que nos dão base e lógica para nos encontrarmos, nos conhecermos e nos firmarmos no nosso próprio BEM interior, o raciocínio, ponto vital da vida eterna, elo de ligação com o PRIMEIRO MUNDO, o MUNDO RACIONAL!
  

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

FLORIR


Uma saudação Racional a todos!
Muitos há que dizem querer florir, mas, nem todos querem.
O querer não está no dizer, está no modo de proceder.
Quem quer florir sabe esperar a época da florada, ciente de que quem manda é a Natureza, que provê o certo na hora certa.
E, assim, busca em si a força de um carvalho, para se manter firme nas piores tempestades, humildemente aguardando que a Natureza lhe traga o florescer sorridente da primavera.
A paciência é de quem sabe e, não de quem não tem o verdadeiro saber.
Que o verdadeiro saber está em reconhecer que tudo nada vale perante a força maior que é a Natureza.
Nela estão todos os ensinamentos e, não, nas vãs filosofias, ornamentadas pelos homens para fazer da mentira a verdade, e o sofrimento dia e noite, provando que elas nada valem.
Como é triste o viver de quem não quer enxergar! E quem não quer enxergar, é porque não quer florir, por pensar que sabe mais que a Natureza e que as obras dela nada valem – imaginam que o saber artificial dos homens é que tudo vale.
O artifício não faz ninguém florir e muito menos sorrir. Se despertam sorrisos, são sorrisos de fel e, não de mel. São farsas para iludir o próprio que as admite.
Como é triste a pessoa NÃO SE CONHECER!
Renegar os conhecimentos verdadeiramente culturais da Natureza, que fazem florir, para continuar admitindo tudo que é de artificial e que tão somente tem a nos denegrir.
Quem gera, faz nascer, crescer, amadurecer, viver e mantém tudo e todos, é quem tem o saber, é quem tem cultura.
Feliz de quem ouve a VOZ DO MUNDO SUPERIOR, transmitida pela Mãe Natureza – esses saberão enfrentar com equilíbrio racional, todas as intempéries que ainda estão para chegar.
Esses saberão raciocinar.
Por quê?
Por já estarem, há muito, ouvindo as transmissões do MUNDO SUPERIOR, através da Mãe natureza, nos Livros Universo em Desencanto.
E, assim, florir é para quem faz por onde florir.

domingo, 23 de novembro de 2014

O MAIS PODEROSO CANAL DE ENERGIA NEGATIVA: O DINHEIRO!


Uma saudação Racional a todos!
A falta de conhecimento verdadeiro da vida é que tem levado a humanidade a um viver desequilibrado, onde não tem mais fim o sofrimento, a dor e o pranto.
Se a humanidade tomasse conhecimento do conteúdo dos livros Universo em Desencanto, o contencioso transcendental das leis naturais universais, há muito já teria abandonado e não mais alimentaria essa cultura materialista artificial, cuja base é o dinheiro e, não, a vida.
Saberiam e se espantariam ao tomar conhecimento de como e por quem o dinheiro foi inventado: foi num longo tempo perdido que o dinheiro foi criado pelos selvagens atrasadões, um povo absolutamente rude, bruto e sem noção nenhuma do mundo em que vivia, onde uns comiam os outros, tais como as feras mais ferozes. Sim, eram antropófagos.
Foi criado o dinheiro com o intuito de escravizar os semelhantes.
A imagem acima, encontrada na internet, retrata fielmente a fonte inspiradora desse invento, que tanto mal tem causado à humanidade.
A fonte inspiradora foi a energia magnética, a energia do mal, que transmitiu com suas irradiações na imaginação dos viventes a ideia do dinheiro que, originariamente, era diferente, mas cujos efeitos negativos são os mesmos da época até os dias atuais.
Transmissão essa com o objetivo de lapidar e trazer a humanidade de canto chorado.
O dinheiro hoje é a mola mestra do mundo, que mantém a humanidade dividida, corrupta, gananciosa, ambiciosa, promíscua e, daí, gerando todos os demais defeitos: inveja, arrogância, desumanidade, crimes de toda ordem etc.
Uma humanidade que já atingiu um desenvolvimento científico e tecnológico tão grande, não era mais para admitir e manter o dinheiro e, sim, o saudável sistema de trocas. Esse sim, traz real desenvolvimento, união entre os povos, onde tudo de material passa a ter um só valor.
E, assim, a nação rica em alimentos vai trocá-los por exemplo, por minérios, por energia, na medida de suas necessidades internas e vice-versa.
O planeta é rico e farto para alimentar tudo e todos. O dinheiro é que fez surgir a vaidade de querer ter mais do que o necessário para um viver equilibrado, gerando uns com demais e outros na mais absoluta miséria.
A continuar com esse sistema atrasado monetário, há de chegar o dia em que a elite monetária não terá mais o que comer, pois, os que plantam e vivem na miséria, não terão mais condições de plantar – daí a fome generalizada de ricos e pobres.
A Natureza está por demais revoltada com esse comportamento atrasadíssimo, onde a maioria absoluta não respeita mais as obras DELA, fanatizados com o TER, TER, TER e sempre o insaciável TER, fomentado pelos “lucros” monetários que, na verdade, são o cárcere terrível que priva a liberdade verdadeira de ricos e pobres.
Enfim, analisando sob esse prisma de realidade, ambos, ricos e pobres são infelizmente meros escravos.
Acorda, gente, enquanto é tempo. Procurem conhecer a vida real e suas leis naturais universais, nos livros que a Natureza nos presenteou com todos os ensinamentos para uma vida de verdadeira paz, amor, fraternidade e concórdia, pelo desenvolvimento do raciocínio, que a humanidade nunca conheceu e o confundia com o pensamento magnético, o pensamento concreto.
O raciocínio, sua fase de despertar, desenvolver e evoluir foi chegada desde 1935. Ele é resultante do funcionamento da glândula pineal sob a regência de uma energia desconhecida da ciência: a ENERGIA RACIONAL.
Bora sair dessa vida de selvagens atrasadíssimos, adotando o que os atrasadões do passado nos deixaram como terrível herança: o dinheiro.
Nada poderá ser da noite para o dia. O passo inicial é todos tomarem conhecimento dos livros Universo em Desencanto, para se certificarem de como todos, ricos e pobres estão sendo envolvidos pelas trevas. E com o prosseguimento da leitura persistente dos livros Racionais, haverá o funcionamento perfeito da glândula pineal, onde se encontram todas as soluções para passarmos de um sistema atrasado para um sistema evoluído de trocas, colocando fim nos crimes em geral, nas guerras, na fome, nos desequilíbrios morais, físicos e financeiros, que, sem dúvida, tem como mola propulsora o dinheiro.
A glândula pineal, comparada como parte de um sistema de informática, é tal como um HD universal, contendo todas as soluções que a humanidade precisa e necessita para viver em harmonia uns com os outros e com o próprio universo.
E quem não deseja a absoluta paz, amor, fraternidade e concórdia? Naturalmente que todos almejam tudo isso, ricos e pobres.
Então, vamos viver como há muito já deveríamos estar vivendo, como verdadeiros irmãos, todos com direito de comer, morar e transitar, sem ter que se preocupar com “lucros”. Somente assim terão fim todos os problemas sociais, econômicos e financeiros.
Raciocinem nisso, num sistema humano, onde a vida estará em primeiríssimo lugar.
Preparem-se para tal, lendo e relendo os livros transcendentais, ditados pelo nosso verdadeiro mundo de origem, o MUNDO RACIONAL, o mundo dos eternos.
Portanto, Universo em Desencanto já, para que tenham provas e comprovações, em si mesmos, de que o mais poderoso canal de energia negativa é o dinheiro!
Recomendamos que se inteirem também do texto neste blog, link a seguir:
http://origemverdadeira.blogspot.com.br/2014/02/alerta-todos-os-governantes-autoridades.html

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

O FÁCIL TEM ALTO PREÇO


Uma saudação Racional a todos!
Amigo, procure acertar seus passos. O caminho certo existe, Amigo! E o encontro deste caminho vai lhe favorecer no dia a dia de sua vida. Vai ajustar o seu viver, equilibrar sua vida financeira, sem desajustes, sem o desequilíbrio de achar que nada está dando certo.
O descontrole financeiro, o envolvimento com as aparências, a ilusão de querer sempre o melhor, esse estado de ser insaciável, nunca satisfeito com o que tem, por melhor e maior que seja, vai tornando o vivente um destemperado, querendo que tudo lhe venha às mãos de mão beijada.
Isso por não ter noção alguma de como e por que esses desejos imaturos, sem limite, tomam conta do vivente, por sua falta de conhecimento das leis naturais universais que governam tudo e todos.
É preciso que o vivente entenda que tudo no mundo aparente é transmitido pelo mundo invisível do bem e do mal. Ninguém é culpado do que faz de bem ou de mal, porém, é culpado de não tomar conhecimento de como são feitas essas transmissões na cabeça das pessoas, para, então, saber diferenciar, sem dúvidas, a transmissão positiva da negativa, ficando apto a rejeitar a negativa e aceitar a positiva.
E olha, é preciso estudar muito o assunto, porque o mal cada dia se sofistica mais com belas indumentárias de cordeiro, para iludir e confundir o vivente, utilizando-se de sofismas.
E para não ser confundido é preciso que o vivente conheça a energia certa, aquela que lhe dá o conhecimento de tudo, da ORIGEM até os dias atuais, desmistificando a mentira e dando condições ao vivente de perceber até a mínima e insignificante manifestação do mal.
Aí o vivente se acerta na vida, por saber deletar o mal, por mínimo que seja, permitindo, assim, em seu caminho, somente transmissões do invisível que estejam em consonância com a VERDADE, representada pelas leis naturais universais.
Esse é o único caminho que conduz ao certo, à liberdade verdadeira, que dependem unicamente do conhecimento que o vivente vai adquirir através da ENERGIA RACIONAL emanada das páginas do livro dessa ENERGIA: UNIVERSO EM DESENCANTO, de CULTURA RACIONAL, a cultura natural do raciocínio, a cultura natural da ENERGIA RACIONAL, a cultura natural da Natureza.
Portanto, Amigo, não duvide: o preço cobrado pela obtenção de tudo pelo caminho “fácil”, aquele que desconhece o trabalho dentro da ética e da moral, que desconhece o respeito a tudo e a todos, o caminho que tira dos semelhantes aquilo que não lhe pertence, é um preço muito alto!
Quem dá esse caminho fácil é a energia negativa, a energia do mal puro, a energia magnética.
E por que essa energia negativa transmite esse caminho fácil?
Unicamente para ter o direito de cobrar o que essa energia deu “de graça”.
E como são representadas essas cobranças, qual é o preço de todas essas “facilidades”?
A contraprestação dessas “facilidades” são as doenças, as separações, as brigas, as desavenças e desarmonia gratuita com os familiares, gerando daí o desequilíbrio sempre maior que acaba levando à loucura ou ao suicídio.
Mas, o Amigo irá perguntar:
“E por que essa energia negativa assim procede?”
Respondemos: é pelo fato dessa em energia viver à margem das leis naturais universais, não tendo alimento algum da Natureza e, por isso, essa energia negativa se alimenta do fluido da desgraça, do desespero, do fluido das doenças, dos assassinatos, das drogas, dos roubos, dos desastres, enfim, de tudo quanto é de ruim, para se manter, para alimentar o próprio mal.
Então, essas energias negativas transmitem a má ação nos viventes, que passam a ser ferramentas dela para gerar o fluido mal que as alimenta e as mantêm na Terra. Sim, pois, se os viventes passarem todos a SE CONHECER, ligando-se na ENERGIA RACIONAL, dos livros Universo em Desencanto, essas energias negativas ficarão todas sem alimento, enfraquecendo-se, extinguindo-se e deixando a Terra livre do mal e passando a imperar a paz e a concórdia entre todos os povos.
Mas, por os viventes desconhecerem tudo isso, a energia negativa, a energia magnética faz tudo para que o vivente não leia Universo em Desencanto, para que continue inconsciente, ligado a ela e, assim, ferramenta dessas energias negativas, gerando o mal na Terra e os fluidos malévolos correspondentes, que alimentam essas energias negativas, que vivem dos fluidos de tudo que é de mal praticado na Terra.
E assim é, Amigo, que por saber de tudo isso, nós, estudantes de Cultura Racional, entra ano, sai ano, dia e noite e noite e dia estamos aqui na Terra alertando todos que ainda NÃO SE CONHECEM, para o futuro negro que estão garantido às novas gerações, enquanto continuarem como ferramentas dessas energias do mal, que são as energias do pensamento magnético, que estão aí nos quatro cantos do mundo escondidas sob as mais belas indumentárias aparentes, sendo tudo uma balofestia, aparência só, tudo balofo: lindo por fora, brilhante por fora, luz por fora, porém, completamente intragável por dentro – mal puro, trevas terríveis por dentro. Como diz: branco por fora e preto, negro por dentro.
Conheça, Amigo, a ENERGIA CERTA, que lhe coloca dentro da FASE RACIONAL, a VERDADEIRA FASE DE DEUS, a fase do desenvolvimento do raciocínio, a verdadeira ENERGIA POSITIVA e que, por assim ser, não lhe deixa se envolver com esse campo negativo, o qual somente vai lhe trazer um caminhar falso, sem bons resultados.
E para que isso não aconteça em sua vida, para que deixe de ser ferramenta dessa negatividade que se esconde atrás de palavras aparentemente bonitas, de filosofias que parecem ser para unir, mas, que continuam a dividir, então, para que se livre de todo esse mal agarre-se à ENERGIA RACIONAL, emanada dos livros DELA, Universo em Desencanto, de Cultura Racional, onde sua pessoa encontrará infinidade de provas e comprovações em si mesmo, de que O FÁCIL TEM ALTO PREÇO, e esse alto preço é a desgraça de sua pessoa e de sua família e a perdição eterna de ambos.

terça-feira, 18 de novembro de 2014

PACIÊNCIA: ARMA INFALÍVEL PARA COMBATER O MAL!


Uma saudação Racional a todos!
Amigos, o mundo está passando por uma fase de conturbação. E os viventes, agindo com impaciência, favorecem e dão mais força para o mal prosperar.
Paciência é a ciência da paz. É estar ciente e consciente de que somente com modos e maneiras pacíficas conseguimos vencer todas as tribulações da vida.
Tudo e todos merecem respeito e atenção!
Mas, hoje, os viventes estão cada vez mais sem paciência, cada vez mais violentos, mais desequilibrados, a maldade imperando de todas as formas e maneiras, por total desconhecimento da linha certa da vida a obedecer, por não conhecerem como são feitos os movimentos que garantem e constituem a vida equilibrada racionalmente, de paz, amor, fraternidade e concórdia: com o coração!
Para conhecer esses movimentos e ficar em harmonia com eles, é preciso saber muito mais do que pensam que já sabem. É preciso conhecer a causa, a origem da causa e a base verdadeira da vida, a base transcendental. E sem esse saber a pessoa fica fora da linha da Natureza e sofre terrivelmente.
E assim, fora da linha da Natureza, fora da linha da paz: impacientes!
E nessa linha da impaciência, fora do natural, a energia do mal prospera e julga-se senhora da situação, fazendo o que quer com crianças, jovens e adultos.
Todos os viventes têm seus momentos de agir: ou para aceitar as coisas quando elas surgem, ou para entrar na linha da impaciência, na linha das satisfações, indo tirar satisfação do acontecimento, sem se preocupar com as consequências, por não poder enxergar as manipulações do mal que, aproveitando-se da impaciência vai jogar um contra o outro, fazendo acontecer a discórdia, o desentendimento, que leva os envolvidos a situações às vezes fatais.
Todo mal é gerado pela energia do mal, a energia negativa, magnética, que tudo faz acontecer para ver o desespero dos viventes com o acontecido.
E, assim, pelo desconhecimento de quem proporcionou o acontecimento de discórdia e desentendimento, ficam culpando uns e outros, quando ninguém tem culpa, por todos serem ferramentas para fazer o que a energia negativa quer. Ela só não pode fazer o pior com os viventes que estão amparados e acobertados pela ENERGIA RACIONAL, a energia dos livros Universo em Desencanto, de cultura natural do raciocínio, o puro bem, a Cultura Racional.
Sejam, Amigos, leitores desse livro transcendental, para terem com quem contar na hora que precisar.
Agarrem-se com quem pode lhe valer: a ENERGIA RACIONAL, dos livros Universo em Desencanto, de Cultura Racional.
Esse é o livro: Universo em Desencanto, que faz brotar nos viventes a verdadeira paciência, que é a arma infalível para combater o mal.

domingo, 16 de novembro de 2014

O SENSO DE HUMANIDADE


Uma saudação Racional a todos!
Todos os viventes de bem possuem, por menor que seja, o senso de humanidade.
Esse senso, por incrível que se pareça, não pertence a este mundo em que vivemos, por ser esse mundo cheio de defeitos e imperfeições, um mundo degenerado e deformado do que foi, antes de ser assim como é.
Pergunta-se, então:
“E pertence a que mundo esse senso de humanidade?”
Respondemos:
“Pertence ao Mundo Superior de onde o mundo deformado e nós viemos um dia, por livre e espontânea vontade.”
Essa a razão dos viventes possuidores do senso de humanidade sentirem-se incomodados e desequilibrados neste mundo deformado em que vivemos, onde nada aqui, mas, nada mesmo, corresponde ao verdadeiro senso de humanidade que habita no interior dos viventes humanitários.
E, assim, esses viventes não se sentem bem, por não conseguirem ser compreendidos e correspondidos, sem poderem desenvolver e evoluir esse senso de humanidade, o qual somente é desenvolvido e evoluído quando esses viventes passam a conhecer seu Mundo Superior de origem e dão início à sua ligação nesse Mundo Superior, onde o senso de humanidade é o que vigora.
Então, aí se equilibram, ficam satisfeitos, por se ligarem ao seu verdadeiro natural.
Esse senso de humanidade interior pertence à mente superior dos viventes de bem: é o raciocínio. É a parte racional (ou natural, que é a mesma coisa), que não pertence a este mundo deformado em que estamos de passagem, uma longa passagem, morrendo e nascendo, morrendo e nascendo, morrendo e nascendo por muitas eternidades e sendo sempre os mesmos a morrer e nascer, até conhecer o seu verdadeiro mundo de origem, o nosso habitat natural, o MUNDO RACIONAL, o mundo do raciocínio.
Portanto, por já estar na Terra a revelação de tudo isso nos livros ditados pelo MUNDO RACIONAL, Universo em Desencanto, todos precisam e necessitam, URGENTEMENTE, tomar conhecimento desses brilhantes livros, para provar e comprovar em si mesmos, a veracidade das afirmações acima.
Somente assim, inteirando-se das mensagens de Universo em Desencanto, livros da cultura natural do raciocínio, a Cultura Racional, os viventes de bem, que habitam provisoriamente este mundo deformado em que vivemos, terão paz, saúde e sossego em suas vidas.
Leiam os livros do raciocínio, Universo em Desencanto, de Cultura Racional, que é o conhecimento de retorno da humanidade ao seu verdadeiro mundo de origem, o MUNDO RACIONAL, por meio da ENERGIA RACIONAL, que é o que faz a ligação do ser humano ao MUNDO RACIONAL.

terça-feira, 11 de novembro de 2014

O MAL EXISTE, PORQUE NÃO RACIOCINAM!


Uma saudação Racional a todos!
Vivemos em um mundo conflituoso, onde os viventes se digladiam em pensamentos, palavras e atos, achando que isso é o certo e que assim fazendo vão conseguindo ser importantes, superiores – quando é exatamente ao contrário: perdem o valor e tornam-se inferiores.
Pessoas assim são de uma ignorância que faz dó, pois, ignoram que quem os faz de marionetes para agirem tão primariamente assim, são os viventes invisíveis do vácuo – elétricos e magnéticos, que são da corrente do mal e que estão incumbidos de lapidar a humanidade até que ela passe a SE CONHECER, pelo desenvolvimento do raciocínio, na Cultura Racional.
E assim é que não existe acidente, nem bala perdida, nem o “estar na hora errada”, “no lugar errado”, pois, tudo é programado e conduzido pelos viventes invisíveis magnéticos do vácuo, como tem que ser, para lapidação e corretivo dessa humanidade desobediente às leis naturais que regem o universo.
Eles colocam o governo que é preciso para lapidar, os acidentes necessários para lapidar, os vícios necessários para lapidar, as corrupções necessárias para lapidar, até que o povo acorde para a nova fase da Natureza, a Fase Racional.
Governo nenhum irá acertar, enquanto o povo não adentrar na Fase Racional. E não adianta querer culpar os políticos pelas desgraças, pela fome, pela miséria, por tudo de ruim que está acontecendo no mundo, pois, políticos e povo, ambos estão sendo manipulados para agirem uns contra os outros, para que haja bastante sofrimento até que ambos resolvam DESENVOLVER O RACIOCÍNIO.
Enquanto não optarem pela estrada certa, que é a Estrada Racional, os invisíveis do vácuo, que têm a missão de fazer o mal para fazer o mundo reconhecer que está na hora de se preparar racionalmente para retorno a origem, eles não serão retirados do mundo, e o sofrimento tomará proporções cada vez mais insuportáveis.
Enquanto se basearem nos sonhos, nas ilusões, nos ideais, nas ideologias, nas crendices, os desacertos continuarão, não permitindo um viver justo e certo, aquele em que não se deseja ao próximo aquilo que não queira para si.
E “quem” são os desacertos? São os viventes invisíveis do vácuo incumbidos de chicotear a humanidade até que reconheça que o DONO deste mundo em que vivemos não é o que sempre pensaram e imaginaram e que nunca pode dizer QUEM SOMOS, DE ONDE VIEMOS, PARA ONDE VAMOS E COMO VAMOS.
E, assim, para que todos se ajustem na VERDADE das verdades e que a reconheçam, é preciso que muitos males, sofrimentos e padecimentos aconteçam, por a humanidade ser muito rude, e o rude só acorda com muito sofrimento.
Mas, nem todos são assim. Os que já entenderam toda essa mecânica da vida, os mais inteligentes, já estão há muito com os livros Universo em Desencanto nas mãos, lendo e relendo, porque não querem mais sofrer para poder aceitar a Verdade das verdades e, assim, estão parando de sofrer e indo de bem para melhor, garantindo a proteção de seus familiares.
Esses há muito já entenderam que o mal somente existe para aqueles que não raciocinam, e por não raciocinarem, ficando por conta dos seres invisíveis elétricos e magnéticos, para serem chicoteados até acordarem.
SALVE-SE QUEM TIVER JUÍZO!